segunda-feira, 18 de agosto de 2008

Olimpiadas - 2008

Não poderia deixar de dar meus pitacos sobre a Olimpíada, além do esculacho pela injustiça com a garotinha cantora. Afinal, temos outros assuntos beeem mais interessantes para citar. E claro, com a minha dose de reclamação, afinal, tudo que falarei aqui tem algo em comum e você vão descobrir no fim do post (rá!!)

A começar pelo primeiro ouro olimpico da história da natação, vindo para o Brasil, no peito de César Cielo. Simplesmente fantástico. Recorde olimpíco e uma medalha para guardar esse nome na história da natação. Afinal, você acha que é fácil praticar profissionalmente algum esporte no país do futebol (masculino)? É salário baixo, falta de incentivo e estrutura para prática de esportes... É complicado representar o Brasil em qualquer competição se você não é jogador de futebol (masculino). E ainda soma-se a essas dificuldades, uma torcida exigente...

Segundo: Turma da ginástica. Como são esforçados e talentosos esses/essas atletas, que há alguns anos vêm colocando o Brasil no topo das competições. E dá-lhe medalha. Seja de bronze, prata ou ouro. Isso é o de menos. Eles, com todo o "suporte" que têm, sempre vão longe demais em todos os torneios.

Por último. Já falei que sou fã das meninas do futebol canarinho. Como jogam essas garotas! Jogam com vontade, com raça, talento, classe, habilidade e muita vontade. Eu trocava todos os jogadores do meu Santos pela seleção brasileira feminina. Fácil! Marta é excelente. Joga demais, inteligente, habilidosa, veloz. Na frente, simplesmente a MAIOR ARTILHEIRA das olimpíadas, junto com a alemã Prinz, com 10 gols marcados em torneios olímpicos. O nome dela? Cristiane! Joga demais, matadora nata, faz gols de tudo quanto é jeito. Contra a Nigéria, um golaço de "pucheta". Contra a Alemanha, não bastasse humilhar as adversárias com uma "sainha" e um "chapéu", ainda marcou 2 gols, sendo que o segundo foi um gol de placa: a artilheira driblou "somente" 4 alemãs antes de mandar a pelota para o fundo da rede. Alemanha volta para a casa com uma dor de cabeça... Que só não é maior do que a dor nas costas... E lá vão as meninas para mais uma final olímpica. Elas, que não ganham nem 5% do que os "garotos" da seleção masculina, não têm a estrutura que eles têm para treinar, não têm a audiência que eles têm... Mas sempre estão representando nosso país com muita honra.

Certo. O que César Cielo, a turma da ginástica e as meninas do futebol têm em comum? Nenhum tem apoio para treinar, para competir profissionalmente; eles têm que superar mais do que os adversários, têm que "driblar" a falta de estrutura e incentivo para a prática esportiva e; como estão mostrando para o mundo todo, são extremamente talentosos!

10 comentários:

Maldita Futebol Clube disse...

Pois � o pa�s do futebol s� tem olhos para os caras que correm atr�s da bola, as meninas s�o desprezadas, os atletatas ol�mpicos que corram por si s� e a gente quer uma ol�mpiada pra que? ser escrachado por aqui? pois �masi um belo e pertinente post,nobre colega. J� t� devidamente linkado e recomendado...leia l� o post sobre...e meidga o que acha...abra�os...Leandro

Juliana Petroni disse...

No sábado vi uma entrevista de uma atleta da equipe de salto ornamentais do Brasil Juliana Veloso, onde ela disse que conseguiu patrocínio no início desse ano. Acredite em pleno ano olímpico!
Esses atletas são verdadeiros heróis, e com garra e determinação se superar para fazer o melhor pelo país.
Bjosss

Paula Calloni disse...

É, são heróis, mas precisam botar a boca no trombone. Queria que na volta pra casa eles se unissem e fossem cobrar, com as medalhas no peito, mais apoio do seu Lula. Que com certeza nunca deve ter dado nem uma cambalhota na vida, rsrsrs.

Breiller disse...

Até que o Cielo, em comparação com os outros citados, dispõe de uma estrutura melhor para treinar. Tem bons patrocinadores, como a Samsung, e treina nos EUA, um dos melhores centros de referência para a natação.

Imagina, então, se outros nadadores e atletas brasileiros tivessem o mesmo apoio do Cielo? Teríamos, certamente, mais medalhas de ouro e não acumularíamos tantas decepções olímpicas.

Su disse...

Esses jovens atletas brilharam nas olimpíadas. Conseguiram fazer a diferença, mesmo não ganhando medalhas, mas foram mostrar que o Brasil não é apenas o país do futebol... eles estão lá para mostrar que vale a pena se esforçar e mostrar para os grandes empresários que eles precisam de apóio, e que são mais que vitoriosos...
A ginastica do Brasil estava linda, a natação arrebentou e o futebol feminino, nem tenho palavras... depois do jogo de ontem então, elas bateram nas alemãs...
Um fato que me deixou chateada e chocada, foi que ontem na prova de salto com vara, os instrumentos da Fabiana Murer simplesmente ter sumido!! Que triste, isso a deixou completamente desconcentrada e infelizmente ela acabou sendo desclasificada!!!
POxa... mais uma falha nas incríveis olimpiadas de Pequim... e justo com uma brasileira??
Beijoos qrido e bom fds!!!

Leandro Vitor disse...

Enquanto o governo federal não incentivar de verdade o esporte no país continuaremos a sermos o que somos na Olimpíada. Algumas pessoas pensam erroneamente que a China e os EUA são berços de super atletas, na verdades eles apenas investem pesado nisso. O cinema brasileiro deu uma bela guinada nos últimos anos, o fato que levou a isso chama-se ANCINE! Algo parecido deve ser feito com o esporte. Se querem Jogos Olímpicos no Brasil em 2016 deve-se não apenas construir uma vila olímpica, mas também "construir" atletas.

Suzana Matias disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Suzana Matias disse...

Temos que destacar também a belíssima atuação das seleções de volei, pois mesmo sendo renegados, nossos queridos atletas tem dado tudo de si e feito um trabalho incrível.
Aliás, a falta de estrutura dos esportes no Brasil já vem de muito tempo e em todos os torneios olímpicos batemos na mesma tecla, será que não dá pra investir mais ?
Eu acredito que tem muita criança no Brasil que não gosta SÓ de futebol e que ficaria imensamente feliz em aprender outros tantos esportes, em vez de ficar na rua vendendo balinha no farol.

Bjs

Suzana

Ego disse...

Concordo com você.É lamentável que muitos esportista que são bons, não tenham o apoio que precisam. Confesso que qdo assisto a programas de esporte(canal aberto)sinto falta de outros esporte, parece que só existe o futebol.É, mas...O que da dinheiro para os meios de comunicação é o futebol.
Tb gosto da turma da ginástica e qto a César Cielo acompanhei a sua vitória.
Abçs.

Du disse...

Falou e disse tudo!!!