segunda-feira, 13 de outubro de 2008

Um olhar sobre o debate - São Paulo

Antes de começar o post, gostaria de deixar claro uma coisa: não há imparcialidade nem neutralidade no jornalismo. Há ética, justiça, comprometimento com a verdade, mas em hipótese nenhuma, há neutralidade. Ao escolhermos as palavras já estamos sendo tendenciosos (e isso não é algo ruim, como muitos pregam, pelo contrário, estimula a democaracia e a cidadania).

- Não entendo Marta Suplicy (PT). Ela "senta em cima do rabo" para falar dos outros. Primeiro, ela dá a mão ao presidente Lula e liga a imagem dela à do presidente mais popular da história do Brasil. Tanto que Lula veio até São Paulo para dar uma ajuda à Marta. Nada errado, sem problemas! Mas aí vem a Marta e insinua que o candidato rival à prefeitura, Gilberto Kassab (DEM), não tem personalidade por que quem atrela a imagem à uma outra pessoa é por que não tem imagem própria. Faça-me o favor né!

- A candidata petista deixou bem claro no debate desse domingo, 12/10, que irá tentar associar a imagem de Kassab ao ex-prefeito Celso Pitta. Uma estratégia tonta, já que Kassab ficou apenas um ano como secretário de Pitta e saiu rapidamente daquele governo. Ela insiste que pegou a prefeitura que "Kassab deixou". Estratégia ridícula. E um alerta: nessa de ficar só criticando, ao invés de apresentar propostas concretas, muito "cachorro grande" foi derrotado. Não adianta só "bater nos adversários", tem que mostrar o que pode ser feito pela população!

- Pitta deixou a prefeitura com um rombo de mais de R$ 1 bilhão. Marta é acusada de deixar a prefeitura quebrada, com um rombo semelhante. Ou, maior.

- Marta diz que vai levar o Metrô até a Vila Maria, M'Boi Mirim e mais algumas regiões. O projeto é considerado inviável pela companhia. Marta, então, soltou uma pérola: disse que o Metrô não tem que se intrometer nesse assunto, pois é um assunto político, que a cúpula do Metrô está causando "turbulência política". Oras, como o Metrô não pode se pronunciar se ela está falando sobre o Metrô?

- Internet de graça para toda a população! Maravilha! Se fosse viável, o que não parece!

- Carrega na catraca. Minha nossa senhora. Para quem não mora em São Paulo, Marta criou quando prefeita, o "Bilhete Único" (excelente projeto, assim como os CEUs), com o qual as pessoas podem fazer mais do que uma viagem durante um determinado período pagando somente uma passagem. Atualmente, são quatro viagens por um período de três horas para os usuários do bilhete único normal (o benefício não vale para usuários do vale transporte ou do bilhete escolar). O prefeito Gilberto Kassab restringiu que os bilhetes fossem carregados na catraca (a pessoa paga em dinheiro ao cobrador e o bilhete é validado, ganhando o bônus das integrações). Lembra das fila enormes na hora de embarcar? O cobrador dizendo "tô sem troco"? Pois é.. Hoje isso é raro. Mas a Marta pode retornar com essas filas. Hoje, com a quantidade de postos de recarga (você coloca créditos no bilhete), as filas são pequenas e o tempo gasto para colocar as pessagens no bilhete é muito menor do que antigamente. Poder pagar na catraca novamente seria um retrocesso, pois o embarque hoje é muito mais ágil.

- Enfim, paulistanos e brasileiros, votem direito. Não vou pedir para votar em ninguém. Não sou o dono da verdade. Essa é a minha visão, minha opinião. Independente de quem for eleito, apenas quero que a cidade (a minha, a sua e todas do Brasil) ganhe, que o prefeito(a) adminsitre bem a cidade, cuide bem os municípios. E que os cidadãos votem e cobrem corretamente tudo o que for prometido. Que fiscalizem o poder, com auxílio da imprensa, e reivindiquem uma adminsitração séria, transparente e benéfica para a sua cidade, independente de onde você mora.

Que vocês tenham uma ótima semana!

7 comentários:

Su disse...

Bom dia meu amigo!!!
Infelizmente temos que "dá de cara" com esse tipo de gente! Eu afirmo pra ti que sou petista de coração, mas eu não tenho orgulho da Marta no nosso partido... O Lula tem feito muitas coisas por nós, mas a Marta, como vc mesmo deixou claro em seu post, ela arrebentou com tudo, e vir agora falar que pegou a prefeitura fudida (desculpa o palavrão), faça me o favor!
Isso são coisas que me irritam profundamente!! Tá certo que ela está jogando com as armas que tem, mas fazer o que ela está fazendo não é limpo. A política dela foi baseada em cima da imagem do Lula, e agora ela está qrendo esconder o que?! Se ela pode fazer isso o kassab tbm pode fazer o que qzer, agora é o "mata-mata", e cabe a população paulista escolher o melhor, escolher aquele q tem as melhores propostas para a cidade. Cabe ressaltar, que Marta deixou a cidade de São Paulo praticamente alagada, era só chover que a cidade virava um verdadeiro caos... E qnto ao Kassab, ele soube fazer as suas escolhas, assim como a população paulista vai saber escolher o melhor para São paulo!!!
beijão, saudadeeees

Brisa disse...

Nossa,
eu nem entendo muito de política, porque eu não gosto mesmo... Mas agora creio que ficou mais fácil para os paulistanos escolherem, agora são dois! É só ver o passado de cada um e as propostas apresentadas! E vamos que vamos!!
Beijos e boa semana

Brisa disse...

Nossa,
eu nem entendo muito de política, porque eu não gosto mesmo... Mas agora creio que ficou mais fácil para os paulistanos escolherem, agora são dois! É só ver o passado de cada um e as propostas apresentadas! E vamos que vamos!!
Beijos e boa semana

New disse...

Oiêee!
A Marta deveria se chamar é Ofélia. Nunca vi boca prá despejar tantas asneiras como a dela... aff!!!
Que bom que fostes me visitar. Adorei e obrigada.
Beijocas

Amigao disse...

São Paulo é uma cidade administrável. Seja quem for o candidato estaremos tranquilos.
O problema da Dona Marta é que ela é de uma arrogancia incrivel.
Não dá pra gostar dela.

Amigão, sou da zona sul de S.Paulo, região da AV. Sabará.

abraços

Quase Trinta disse...

Não sou jornalista então posso ser totalmente parcial.
Não gosto da Marta, ela é prepotente e arrogante. Já foi prefeita, já foi ministra e não mostrou a que veio, ou mostrou (quem não se lembra em plena crise aérea da frase relaxa e goze).
Também não gosto do partido que ela representa PT....
Nem vou escrever mais para não me irritar..rs

Euzer Lopes disse...

Olha, eu não voto em São Paulo mas você sabe minha relação com a cidade...
Bem, eu acho que Dona Marta sentiu a porrada que foi a ascenção do Kassab.
E agora vai partir para a guerra. Guerra mesmo.
Ela vai esquecer os projetos e tentar manchar a imagem do candidato.
Só que a população deu seu recado.
Dona Marta deve repensar não sua campanha, mas seu jeito pedante de encarar as situações: só derrotados agem dom essa empáfia.