terça-feira, 10 de junho de 2008

Você



"Não nasci na época errada, nem na hora errada. Nasci quando e onde eu tinha que nascer. As vezes nos sentimos deslocados, "um peixe fora d'agua". São quase 21 anos, sendo que dos muitos pensei: "Eu deveria ter nascido há algumas décadas". Sou extremamente orgulhoso e não lido muito bem com meus erros. E, nessas duas décadas e pouquinho de vida, errei muito. E ainda vou errar, sei disso... Mas não mudaria nem uma vírgula de tudo o que passei, pois se eu mudasse algo, talvez eu não estaria hoje escrevendo para você. Errei, mas esses erros me serviram como lição para não cometê-los novamente. Se vivemos em busca da felicidade, há pouco tempo meu objetivo mudou 'um pouco', pois para me fazer feliz, não basta mais somente eu estar bem, somente eu me alegrar. Muito mais do que me fazer bem, preciso te fazer bem. Ver seu sorriso, sentir sua alegria ilumina meu dia. Isso me faz feliz. Não, eu não me esqueço. Nós não nos anulamos, mas sim, nos completamos. Não nos prendemos, mas sim, nos libertamos.
Ter você em meus braços, sentir você... Como são maravilhosos os momentos em que estamos juntos. Momentos que insisto, precisariamos ter uma máquina do tempo para parar ali, e ali ficarmos, juntos, nós dois...

Dificuldades vêm e vão. Aparecem para mostrar como é forte e criativo nosso amor, que resiste a todos os obstáculos, nos mostra novos caminhos e nos ensina a lidar com nossos defeitos.
Nesse primeiro dia dos namorados juntos, repito o que sinto por você e que o mundo inteiro saiba: TE AMO! Você é o meu Amor e é quem me faz feliz. E é com você que eu quero ficar..."

13 comentários:

Susanna Martins disse...

Linda imagem e mais ainda, lindo texto!!
O amor nos transforma de uma tal maneira que tudo fica lindo, perfeito e repleto de felicidades... parece que o tempo passa mais rápido e a vontade que temos é de que o tempo não passe... se pudéssemos parar o tempo seria maravilhoso... então deixe que as coisas sigam o curso natural... Desejo felicidade pra vc's dois e que o amor esteja seempre ao seu lado!
Beijooooos
Sucessooo!!!

Euzer Lopes disse...

Nossa...
Que coisa comovente, hein?
E mais comovente ainda é saber que isso veio de alguém com apenas 21 anos.
Não, não nasceu em época errada não. O mundo é que simplesmente não conseguiu acompanhar seus passos.

Wander Veroni disse...

E aí cara, blza!

O mais importante de errar é ter humildade para reconhecer o erro e transformá-lo em acerto, numa próxima oportunidade. Mto bacana seu texto, gostei d+!

Tb sou jornalista. Depois visita o meu blog, o Café com Notícias.

Abração,

=]
____________________________
http://cafecomnoticias.blogspot.com

Fala, Garoto! disse...

A vida é um eterno aprendizado. A cada dia, confirmo a idéia de que sei menos sobre a minha mera existência. Abs

Fala, Garoto! disse...

Confesso que anda em descompasso com as pessoas.....não quero acompanhá-las! Vivo no meu infinito particular!

Davi Arloy disse...

AH MEU DEUS!
Nem tem ninguém amando por aqui não né? Pouca coisa. rs

Beijo

Breiller disse...

Ahhh, moleque! Só fall in love life style aí, hein? Aposto que perdeu todos os jogos da Euro essa semana só pra escolher um presente... Hehe. Mas tá valendo, né? Só não pode perder os do Peixe...

Paula Calloni disse...

21 anos? Foi exatamente com essa idade que comecei a namorar com o Marcos, meu marido há 14 anos. E que não me venham com essa de que o casamento é uma "instituição falida" pq não tem nada a ver. Acredite, como alguém já disse, "Amar pode dar certo" !!!!

Aline disse...

então...
jornalistas tbm amam!

bOa sOrte

Odele Souza disse...

Olá,
Vim lhe fazer uma visita e lhe agradecer pelo comentário deixado e visitas feitas no blog de minha filha Flavia.
Um abraço

Agda Gabriel disse...

Fiquei muito feliz com sua visita e seu comentário...Conheço bem a raposa da descrição do blog, já fui muito amiga dela e muito me ensinou...ensinou que somos responsavéis por tudo aquilo que cativamos...Gostei muito do blog. Eu amo quando encontro um blog, escrito por um homem que tem sensibilidade. Voltarei muitas vezes..em horas incertas, mas voltarei. Grande abraço. Seu blog é lindo.

Agda Gabriel disse...

Esqueci de dizer que não existe maior felicidade ou satisfação do que ver feliz alguém que amamos. Aquele que busca felicidade pessoal em primeiro lugar será sempre infeliz, pois recebemos da vida apenas aquilo que doamos. Seja feliz com seu amor. Amar assim é tudo de bom!

dofialho disse...

ah, eu mudaria sim, eu faria uma plastica! bom texto!