segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

Boa semana!

Olá caros! Depois de uma semana muitissimo especial e um fim de semana maravilhoso, venho com um post bem diferente. Não me lembro de nenhum post desse tipo aqui, mas achei importante fazer isso hoje, devido ao ocorrido nos últimos dias. Só tenho que agradecer a Ele, pois Ele sabe tudo, é o mais sábio e, sem dúvidas, é muito bondoso! Por isso, hoje meu post é sobre alguém em quem muitos acreditam, mesmo sem, teoricamente, vê-lo fisicamente. Abaixo, segue um textinho que eu conheci há algum tempo e não sei de quem é a autoria.


Certo dia um professor ateu desafiou seus alunos com a seguinte pergunta:

- Deus fez tudo o que existe?

Um estudante respondeu corajosamente:

- Sim, fez!

- Deus fez tudo mesmo? - insistiu o professor.

- Sim, professor - respondeu o jovem.

O professor replicou:

- Se Deus fez todas as coisas, então Deus fez o mal, pois o mal existe. E, considerando-se que nossas ações são reflexo de nós mesmos, e somos a imagem e semelhança de Deus, então Deus é o mal.

O estudante calou-se diante de tal afirmativa e o professor ficou feliz por haver provado uma vez mais que a fé era um mito.

Outro estudante levantou a mão e disse:

- Posso te fazer uma pergunta professor?

- Sem dúvida. - respondeu lhe o mestre.
O jovem ficou em pé e perguntou:


- Professor, o frio existe?

- Mas que pergunta é essa? Claro que existe. Você por acaso nunca sentiu frio?

O rapaz respondeu:

- Na verdade, professor, o frio nao existe. Eu não sou especialista no assunto, mas, segundo as leis da física, o que consideramos frio é, na realidade, ausência de calor. Todo corpo ou objeto pode ser estudado quando tem ou transmite energia, mas é o calor e não o frio que faz com que tal corpo tenha ou transmita energia. O zero absoluto é a ausência total e absoluta de calor. Todos os corpos ficam inertes, incapazes de reagir, mas o frio não existe. Criamos esse termo para descrever como nos sentimos quando nos falta o calor. E a escuridão existe? - continuou o estudante.

-Mas é claro que sim! - respondeu o professor.

- Novamente o senhor se engana, pois a escuridão tampouco existe. A escuridão é, na verdade, a ausência da luz. Podemos estudar a luz, mas a escuridão não. O prisma de Newton decompõe a luz branca nas várias cores de que se compõe, com seus diferentes comprimentos de onda. A escuridão não. Um simples raio de luz rasga as trevas e ilumina a superficie que a luz toca. Como se faz para determinar o quão escuro esta em um determinado local do espaço? Apenas com base na quantidade de luz presente nesse local, não é mesmo? Escuridão é um termo que o homem criou para descrever o que acontece quando nao há luz presente.

Finalmente, o jovem estudante perguntou ao professor:

- Diga, professor, o mal existe?

Ele respondeu:

- Claro que existe. Como eu disse no início da aula, vemos roubos, crimes e violência diariamente em todas as partes do mundo. Essas coisas são o mal.

Então o estudante retrucou:

- O mal não existe, professor, ou, pelo menos, não existe por si só. O mal é simplesmente a ausência do bem. O mal, como acontece com o frio e calor, é um termo que o homem criou para descrever essa ausência do bem. Assim sendo, Deus não criou o mal. Deus criou o amor, a fé, que existem como existe a luz e o calor. Já o mal é o resultado da falta de Deus nos corações. É como o frio que surge quando não há calor, ou a escuridão quando não há luz.

Diante da lógica da argumentação do aluno, o professor se calou, pensativo.

O mal não tem vida própria, é apenas a ausência do bem. Onde o bem se faz presente o mal bate em retirada. Já o amor é de essência divina e está presente nos corações de todos os homens, mesmo que em estado latente, esperando a oportunidade de germinar, crescer e florescer.


É isso aí caros! Lembrem-se, Ele não erra! Às vezes não O entendemos, mas Ele não erra! Apenas confie Nele!

Que vocês tenham uma ótima semana!

5 comentários:

Su disse...

Uau amigo, que mensagem maravilhosa!!
Realmente eu não li nada sobre tal tema por aqui...
Se enchermos os nossos corações de amor e confiarmos plenamente nEle, de uma maneira ou de outra iremos aumentar o bem, e diminuir o mal.

Beijoos e bom dia!!

Rodrigo Yoshizumi disse...

eu não sou religioso, mas achei a mensagem mto bonita! (tirando o fato que esse aluno é muito nerd, não? o.o)

boa semana p/ vc tbm!

Tih... disse...

Jä conhecia essa mensagem, mas nucna me canso de ler. É bom neh, pra gente se lembrar de que ele não erra.

Boa semana pra ti.

PENSE POR SÍ disse...

A mensagem é linda mas não funciona. Se "ele" existe e PERMITE que haja tanto mal por faltar amor nos corações, deveria ter mais atenção aos que o exaltam, e não os deixar a própria sorte. Sem falar que quem acredita em bíblia acredita que seu "deus" virá salvá-los e condenar 2/3 da população mundial a morte horrenda. Os outros povos e suas outras crenças também se acham os certos.
"Ele" disse que voltaria, mas com tanta desgraça no mundo, o que "ele" estaria esperando?

Jornalista Azarado disse...

Pense por sí: Ele existe e aqueles que têm fé serão recompensados quando ele voltar. Temos uma visão muito limitada do mundo e muitas vezes não entendemos o que realmente acontece ao nosso redor. Às vezes, uma dor vem para que tenhamos uma lição e um grande aprendizado, nos preparando para uma grata surpresa posteriormente. Mesmo que esse posteriormente demore mais do que nós, humanos, esperamos...

E ninguém pode afirmar que Deus irá condenar as pessoas a uma morte horrenda. Ninguém sabe como Ele nos julgará. Não há como alguém afirmar que 2/3 ou 90% da população irá ser condenada.

E pode ter certeza: Ele dá muita atenção a todos, não só aos que O exalta, mas a todos os seres que existem.

Na biblia não está escrito em nenhum lugar que viveriamos em um paraíso. Pelo contrário. A partir do erro de Adão e Eva, já estavamos cientes de que nossa vida na Terra não seria fácil.

E Deus permite que escolhamos nosso destino. Se queremos fazer o bem ou o mal, isso cabe a nós decidir e pagar pelas conseqüências.